Visualizando Exames Complementares


Fábio Castro

Em uma conversa com uma médica me foi relatado que ela consultou com uma dentista e depois de ter feito um Raio-X a profissional avisou que se o exame tivesse alguma alteração ela chamaria de volta e que se não telefonar o Raio-X não teria alterações. A médica pensou em poder fazer o mesmo com seus pacientes devido a grande quantidade de exames de rotina que não precisam da presença dos pacientes. No caso da Dentista o problema era fácil de resolver, pois ela mesmo era a responsável pelo exame não dependendo de outra equipe ou serviço externo.

O exemplo abaixo mostra uma solução informatizada para o problema acima mas pensando inicialmente apenas em exames de urgência. A solução serve adequadamente para os exames de rotina já citados. A tela abaixo seria um exemplo prático. O profissional chega no trabalho e abre uma planilha (abaixo) mostrando se chegaram os resultados de exames pedidos e que podem ser visualizados na mesma hora.

examesvisualizar

Na lista só aparecem os exames que foram marcados para aparecer na planilha como os exames de urgência e exames de rotina onde não seria necessária a presença do paciente. Os outros exames que não foram marcados teriam mesmo que ser trazidos pelo paciente.

A planilha mostra diferença de cores para indicar os exames que estão alterados. No caso do Raio X o exame só mostraria o laudo do Radiologista se não for possível mostrar uma imagem (o que seria o ideal).

A tela inclui alertas e observações dados pelos profissionais do laboratório indicando que outros profissionais podem incluir exames na planilha e não só o médico que pediu. Por exemplo, no caso de exames de Preventivo seria ideal informar o resultado dos exames anteriores para poder indicar quando a paciente irá voltar para um novo exame (informação que será repassada pelo ACS). Sem este aviso o profissional teria que entrar no prontuário eletrônico para analisar os exames anteriores.

O exame é lido no computador podendo ser impresso na hora e guardado no prontuário escrito ou gerado um alerta para imprimir na próxima consulta. O prontuário eletrônico também imprime um aviso para os ACS entregarem aos pacientes informando que o exame foi visto pelo médico e que não teve alterações ou que é necessária a presença do paciente para dar continuidade a consulta (urgência ou rotina).

O objetivo final seria economizar tempo durante os atendimentos, pois o paciente não precisaria ir à unidade para saber se o resultado chegou, não precisa marcar consulta e nem precisa de uma consulta com o médico. Para a equipe resulta em mais vagas para pacientes que realmente precisam estar na presença do médico. Se o citado acima consistir em 10% do trabalho de um médico então seria possível trocar quase 10% do tempo usado para outras atividades como novas consultas médicas.

Já ao abrir o prontuário seria possível receber um alerta indicando que existem exames de laboratório prontos com indicação do laboratório que deveriam ser lidos com urgência.

Para ser viável os laboratórios precisam de um programa para registrar as informações. Pode ser o próprio prontuário eletrônico do médico, mas com os técnicos só tendo acesso a parte de exames laboratoriais e ter capacidade de indicar alertas ou observações. Os dados teriam que ser enviados pela internet, e-mail ou alguma mídia (CD, disquete) para ser acessado pela equipe do PSF.

A capacidade citada acima chega bem próximo da descrição de um RES (Registro Eletrônico de Saúde) que seria o nível mais alto da etapa evolutiva de um prontuário eletrônico (1) onde a capacidade “inclui uma rede de fornecedores e redes locais, tendo o paciente como centro. A informação não é baseada somente nas necessidades dos serviços de saúde; é baseada na saúde e na doença do indivíduo”. O paciente acima está sendo acompanhado também por outras equipes equipadas com um sistema eletrônico compatível onde trocam dados. Pode ser o mesmo prontuário eletrônico, mas com funções limitadas. No caso dos profissionais do laboratório só teriam acesso as telas de exames laboratoriais que ficaram responsáveis por realizar podendo adicionar comentários e alertas.”

1 – O Prontuário Eletrônico do Paciente – http://www.cori.unicamp.br/foruns/arte/evento18/heimar.ppt

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: