WEB Cam no Consultório


Fábio Castro

Fui jogar algumas coisas fora e achei uma Web Cam bem velha. Funcionou e resolvi instalar no meu computador no consultório. Comecei a fazer um cadastro dos meus pacientes. A lista era só por problemas ou ciclo de vida. A primeira impressão foi boa. Quando eu vejo a lista de pacientes que atendi não consigo me lembrar muito bem do que foi feito para cada paciente a não ser os mais conhecidos. Com as fotos dava para lembrar todo o atendimento sem dúvida. Olhando só o nome não dá para ligar as informações. Conversei com alguns colegas e alguns têm o mesmo problema.

A imagem abaixo é do programa que gerencia as imagens tiradas pela web cam. Apaguei os nomes e faces por questões éticas. Coloquei até fotos dos representantes comerciais. O programa permite colocar o nome do paciente na foto.

O outro uso foi durante a reunião da equipe. Ao começar a trabalhar em uma equipe eu fico perdido com os outros membros discutindo sobre alguns pacientes e não consigo ter noção nenhuma de quem estão falando. Com o tempo consigo reconhecer nomes, mas ainda falta lembrar quem é. Leva meses a anos para ter a população de uma área na cabeça. Com as fotos levadas em um pendrive e aberto no computador da sala de reunião o problema foi logo resolvido. Na primeira vez foi citado o nome de um paciente e ninguém sabia quem era. Mostrei a foto e foi reconhecida, mas era chamada pelo apelido e não lembravam o nome. Fazer reunião de equipe com o paciente “do lado” ficou muito mais fácil.

Alguns Prontuários Eletrônicos tem a capacidade de mostrar a foto do paciente. A foto pode aparecer também na recepção e sistemas de informação. A foto poderia aparecer sempre que o nome do paciente aparece. Um Sistema de Informação centralizado, não o de uma Equipe do PSF, não tem esta necessidade pois os pacientes não são conhecidos por quem analisa os dados. Nem mesmo o nome faz muito sentido.

2 Respostas to “WEB Cam no Consultório”

  1. Ângelo Says:

    Seria muito bom se fosse implantado no Gestão Saúde. Porém, com os 128Kbps de velocidade que temos, só os dados atuais já causam transtorno e até raiva às vezes. A PBH precisa aumentar esse link de dados para, no mínimo, 1Mbps.

  2. infomedpsf Says:

    olá Angelo, acho que é possível implantar no Gestão, mas sem guardar os dados na rede. As fotos poderiam ser salvas no seu computador. O lado negativo é só estar disponível no seu computador, mas é exatamente onde é mais necessário.
    Outras coisas mais simples podia mudar no Gestão. No caso do cabeçalho, além da foto do paciente, falta alguns dados como endereço, profissão, nível educacional, ACS, etc. São dados necessários durante o atendimento.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: